Thais

Essa pergunta representa muito para nós. Todas as nossas entrevistas foram finalizadas com essa pergunta. E o mais interessante é que todos os entrevistados tinham uma resposta diferente. Todos riam, faziam cara de surpresa, acho que nunca tinham parado para pensar o que é o riso.  Eu mesma, antes de fazer o trabalho acho que nunca tinha parado para pensar. Mas, agora que nosso trabalho está na reta final – faltam apenas três semanas – convido a todos os leitores e, principalmente, as idealizadoras desse trabalho a definirem o que é o riso.

Vou começar tá. Para mim, o riso é um convite, porque quando você sorri você convida o outro a te conhecer melhor. É como se fosse uma permissão, tipo “olha, esse sou eu, sem máscaras, sem regras desprendido de qualquer razão e lógica”, é um momento que você é pura emoção, numa sociedade na qual somos educados a ser sempre corretos e racionais. Eu não sei quem inventou a bobagem que emoção é sinal de fraqueza, que temos que pensar sempre na razão para parecermos fortes. Para mim é tudo balela. E digo mais, quando pequeninos aprendemos que nossa família se constitui de mãe, pai, irmão, tia, tio etc. Hoje, depois de tantos anos, aprendi e aprendo que existem vários tipos de família. E a minha família do riso se constitui dessas pessoas: Fernanda, Juliana, Simone, Paula e a Denise que uma vez por semana vai lamber a cria. Com elas divido momentos de dor, tristeza, felicidade, alegria, frustração, dentre outras coisas. É isso, a minha família do riso. Pronto falei e gostei. Bjos.

Por Thais Gomes (Palhaça Diva)

Anúncios